Buscar
  • Aero Latina

Militares da FAB iniciam curso para operar o novo vetor KC-30


"Aula inaugural ocorreu nessa segunda-feira (06/06), em Campinas (SP)"

A cerimônia de abertura do curso de formação operacional do KC-30 ocorreu nessa segunda-feira (06/06) na Universidade da Azul (UniAzul), em Campinas (SP). O evento contou com a participação do Comandante da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior; do Comandante-Geral de Apoio da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic, além de outras autoridades civis e militares.


Em abril deste ano, a Força Aérea assinou o contrato referente à aquisição de duas aeronaves modelo A330-200, com o objetivo de suprir as carências operacionais da FAB em ações estratégicas, como Reabastecimento em Voo, Transporte Aéreo Logístico e Ajuda Humanitária.



Antes da cerimônia, o Comandante da FAB visitou as instalações da Universidade da Azul e o hangar do A33O. E, durante o evento, ele ressaltou que as características do KC-30 proporcionarão um significativo incremento na operacionalidade da FAB. “A responsabilidade de chegarmos a esse dia é 100% na crença da capacidade que esses aviões vão trazer para a nossa Força Aérea: de transporte de pessoal, transporte estratégico, reabastecimento em voo e de evacuação aeromédica”, frisou o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior.


Na aula inaugural, o Presidente da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson, discursou para os militares que irão operar a plataforma Aérea, que é uma das mais consagradas do mundo. “Sejam unidos como um time. Vocês vão lembrar-se desse dia daqui a 30 ou 40 anos, quando verem essas aeronaves cruzando os céus, abastecendo outras aeronaves. Vocês poderão dizer: ‘Eu ajudei a implementar aquilo’. Tem que ter muito orgulho. O potencial do Brasil é enorme, e vocês estão ajudando a realizar esse potencial do Brasil”, destacou.


2º/2º GT


As aeronaves KC-30 serão operadas por militares do Segundo Esquadrão do Segundo Grupo de Transporte (2º/2º GT) – Esquadrão Corsário, que é sediado na Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro.


Segundo o Comandante do 2º/2º GT, Major Aviador Marcos Fassarella Olivieri, o início do treinamento representa um marco na reativação operacional do Esquadrão Corsário. “A aeronave KC-30 será o maior vetor já operado pela FAB e trará de volta a capacidade de transporte estratégico para o país, podendo transportar 250 passageiros e voar até 8.000 milhas náuticas. Nesse contexto, oito pilotos, oito mecânicos e 16 comissários de bordo têm a importante missão de trazer para a FAB o conhecimento e a doutrina adquiridos na Universidade da Azul”, ressaltou.


KC-30


Em toda a sua história, a FAB teve somente um vetor capaz de cumprir esta variedade de missões estratégicas: o Boeing KC-137, que voou pela última vez em 2013. Hoje, as maiores aeronaves da FAB são os KC-390 Millennium, que têm um papel importante nas missões de transporte aéreo de carga e pessoal, lançamento de paraquedistas, assalto aeroterrestre, dentre outras, em um cenário tático. Com a nova aquisição, a FAB une as possibilidades do KC-390 às características de emprego estratégico do KC-30, resultando em um significativo incremento em sua operacionalidade.


Um vetor multimissão estratégico de transporte e REVO como o KC-30 se caracteriza por ser capaz de transportar passageiros, em uma cabine comercial convencional, e um grande volume de carga nos porões, em voos de longo curso. A mesma cabine pode ser reconfigurada rapidamente para cumprir missões de evacuação aeromédica, ou seja, moldar-se de acordo com as necessidades operacionais, com grande flexibilidade.



Assim, com a junção das potencialidades das duas aeronaves, a Força Aérea Brasileira realiza um salto operacional extraordinário na Aviação de Transporte e garante, ainda mais efetivamente, a manutenção da soberania do espaço aéreo e integração do território nacional, com vistas à defesa da Pátria.



Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Flávia Rocha

Fotos: Sargento Viegas/ CECOMSAER

Vídeo: Sargento Ronan / CECOMSAER

64 visualizações0 comentário