top of page
  • Foto do escritorAero Latina

GRU Airport movimentou 26,4 mil toneladas de carga em março


GRU Airport: 26,4 mil toneladas de carga em março.
Primeiro trimestre do ano registrou 69,5 mil toneladas, o que corresponde a 50% das exportações e 42% das importações via aérea no país


A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, registrou a movimentação de 26,4 mil toneladas de cargas no mês de março de 2023. Deste total, cerca de 12,6 mil toneladas representam itens importados e 13,8 mil toneladas são referentes à exportação. No acumulado do ano, foram 69,5 mil toneladas de cargas com percentuais que correspondem a 50% das exportações e 42% das importações via aérea no país, consolidando o aeroporto como principal terminal logístico em termo de volume movimentado no Brasil.


Do total de itens importados no mês de março, 118,6 toneladas de cargas foram processadas por meio dos armazéns couriers. Em relação à exportação, 228,6 toneladas foram movimentadas nos armazéns de couriers.


Os volumes movimentados pelos Correios e as cargas domésticas não estão incluídos no levantamento.



Primeiro trimestre


No primeiro trimestre de 2023, foi registrada a movimentação de 69,5 mil toneladas de carga. Desse total cerca de 33,6 mil toneladas são referentes às importações, sendo 325,5 toneladas de cargas processadas por meio das importações nos armazéns couriers. A exportação totalizou 35,9 mil toneladas movimentadas, sendo 528,2 toneladas processadas nos armazéns de couriers.


Entre os produtos mais transportados no período estão os itens do segmento fármaco, maquinário, automotivo e eletrônico, com respectivamente 32%, 12%, 9% e 7% do Market share das cargas nacionalizadas faturadas no mês de março. Destaque ainda para o segmento de remessas expressas, que se beneficia da extensa malha aérea de GRU e de operações dedicadas para aumentar a velocidade de entrega.


Em relação às cargas importadas, o TECA (Terminal de Cargas) de GRU foi responsável por 42% de toda importação via aérea realizada no país, enquanto as exportações totalizaram em novembro 50% da movimentação via aérea, (ComexStat, Março de 2023).


O TECA GRU é o maior complexo aeroportuário do país, localizado em uma área de aproximadamente 100 mil m² e que abriga o maior complexo frigorífico em aeroportos do Brasil, com cerca de 30.000 mil m³ de capacidade de armazenamento de importação e exportação. As 24 câmaras frias alcançam todos os ranges de temperatura e atendem todos os tipos de produtos. Além disso, o espaço conta com 440 posições para contêineres refrigerados na importação.



Fonte: R7

Kommentare


bottom of page