top of page
  • Foto do escritorAero Latina

Em Portugal, FAB participa de conferência sobre o KC-390 Millennium


Evento ocorreu na Base Aérea N° 11 da Força Aérea Portuguesa (FAP), de 28 a 31/03

Com o objetivo de discutir e compartilhar informações sobre as atuais capacidades e possibilidades de desenvolvimento para o emprego do KC-390 Millennium, a Força Aérea Brasileira (FAB) participou do “Users Group C-390”, conferência com os atuais e futuros operadores da aeronave multimissão desenvolvida pela Embraer. O evento ocorreu de 28 a 31/03, na Base Aérea Nº 11, da Força Aérea de Portugal (FAP), na cidade de Beja.

Além das Forças Aéreas Brasileira e Portuguesa, a primeira versão do "Users Group C-390" reuniu representantes das Forças Armadas da Hungria, Holanda, República Tcheca e Áustria, com o objetivo de proporcionar trocas de informações, experiências e perspectivas futuras com as empresas parceiras da Embraer no desenvolvimento do cargueiro militar, tais como a International Aero Engines - IAE, fornecedora do motor V2500-E5; a desenvolvedora do simulador de voo Rheinmetal, a Elbit Systems, com o sistema de guerra eletrônica ELISRA e, a integradora de aviônicos Collins.


Representada pelo Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER); Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), que é subordinado ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA); e Comando de Preparo (COMPREP), com o Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT) - Esquadrão Zeus, a FAB apresentou as principais capacidades e missões internacionais já realizadas pelo KC-390 em operações combinadas com os EUA e no âmbito do Sistema de Cooperação das Forças Aéreas Americanas (SICOFAA), em assistência humanitária no Haiti e no Líbano, de repatriação na Polônia, além das operações nacionais, tais como de combate à pandemia da COVID-19 e assistência à população na Terra Indígena Yanomami.

De acordo com o Chefe da Segunda Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), Brigadeiro do Ar Paulo Roberto de Carvalho Júnior, o evento na FAP foi um importante passo para continuar aperfeiçoando um dos projetos estratégicos da FAB, o KC-390. "Sob a perspectiva de visão de futuro e consolidação das capacidades que o KC-390 Millennium poderá fornecer à Força Aérea Brasileira, na sua missão de Integração e manutenção da soberania nacional, essa primeira conferência de operadores significa um importante passo para a harmonização da visão do COMAER com os cenários prospectivos internacionais, principalmente com importantes países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), como também a possibilidade singular de alinhamento dos interesses do Brasil no contínuo desenvolvimento das capacidades da FAB", explicou o Oficial-General.


Fotos: FAP

Comentarios


bottom of page