top of page
  • Foto do escritorAero Latina

Concurso de cartas premia pacientes que lutam contra o câncer de mama com viagens pela Azul


câncer de mama
"Parceria entre a Azul Viagens e o Hospital de Amor, referência no tratamento oncológico, incentiva que mulheres contem suas histórias de coragem e superação como parte do processo de cura e para motivar pacientes recém-diagnosticadas"

Quando um diagnóstico assusta, o que dizer? Quais as melhores palavras para acalmar e fortalecer uma amiga, uma irmã, uma mãe, uma parente ou mesmo uma colega de trabalho que acaba de saber que está com câncer de mama? Talvez só mesmo quem já viveu esse momento é capaz dessa missão difícil: a de compartilhar tudo o que sentiu de verdade e, melhor ainda, de contar como superou os piores desafios ou de onde tirou força e coragem para não desistir de enfrentar a doença.

Transformar essa experiência única em um relato, organizar as memórias e revelar cada detalhe para alguém, aliás, pode até fazer parte do processo de tratamento – para quem conta e para quem escuta -- e ajudar muitas pacientes, tanto veteranas quanto as recém-diagnosticadas. E é por isso que, todo ano, a parceria entre a Azul Viagens, operadora de Turismo da Azul Linhas Aéreas, e o Hospital de Amor (HA) de Barretos (SP), referência no tratamento oncológico, tem promovido um concurso de cartas entre as pacientes – as que têm mais de 18 anos e estão há mais de 2 anos em processo de recuperação nas unidades da instituição.

A sexta edição da iniciativa que leva o nome de "Próximo Destino: à Vitória" sorteou três cartas vencedoras e irá premiar as pacientes/autoras das histórias mais emocionantes e seus acompanhantes com passagens (além de hospedagem e passeios) para três destinos no Nordeste: Porto Seguro (BA) – 1º lugar, Recife (PE) – 2º lugar e Salvador (BA) – 3º lugar. As vencedoras, que fizeram – além das lindas cartas-relatos, discursos emocionantes e inspiradores durante a premiação -- foram, respectivamente, Rosangela Aparecida de Oliveira Dias, de Sertãozinho (SP), Celia Fatima Justiniano, de Matão (SP), e Lilian Lima da Mota Costa, de Palmas (TO), que mora atualmente em Barretos.

A premiação que aconteceu ontem, no IRCAD América Latina, em Barretos, com a presença de convidados, entre pacientes, médicos, profissionais da Saúde e representantes da Azul e do HA, contou com duas belas surpresas. A primeira, quando as vencedoras souberam do gerente da Azul Viagens que poderão estender o prêmio para mais um convidado. Elas comemoraram novamente. Rosângela e Lilian poderão levar, respectivamente, o filho e a filha – e aproveitar a viagem com a família. Já Celia, que está passando por cuidados paliativos e tinha decidido levar, para curtirem juntas, uma amiga nas mesmas condições (e que nunca tinha viajado de avião), ficou ainda mais feliz de poder incluir o marido nesta oportunidade.

Outra surpresa foi o anúncio de uma doação da Azul – feita, na ocasião, pela Ivana de Carvalho Nascimento, coordenadora de Responsabilidade Social da companhia. A aérea irá doar dois novos equipamentos Honeywell UV Treatment System. Na Azul, esse tipo de equipamento é utilizado no serviço de bordo e possuem braços de luz UV-C para higienizar as superfícies. Segundo estudos clínicos, essas luzes ajudam a eliminar a presença de vírus e bactérias, contribuindo ainda mais para a segurança e higiene – o que também pode ser muito importante no ambiente hospitalar.

Tudo isso só não foi mais emocionante do que as próprias cartas, tanto as vencedoras do concurso como todas as outras. Escritas à mão e com toda a emoção e experiência de quem se sente mais forte a cada dia, todas as 30 cartas que participaram do concurso têm um grande valor, porque trazem valiosas lições de vida em suas linhas, e para qualquer pessoa – seja um paciente do Hospital ou não.

A história vencedora de Rosangela Aparecida de Oliveira Dias é um exemplo da importância de sempre manter a esperança e não desistir – mesmo quando parece que o pior aconteceu. Ela completou 52 anos neste mês, e ganhar a viagem para Porto Seguro foi mais um dos tantos presentes que já recebeu, apesar de enfrentar o câncer que foi e voltou três vezes desde 2006.

Ela chama cada um desses “presentes” de vitória. A primeira, quando tentou desistir do casamento, ao saber do diagnóstico, porque não achava justo fazer a pessoa que ela amava sofrer também. Ele não desistiu. E Rosangela se casou e teve mais forças para enfrentar a doença. A segunda vitória (“um milagre” também, segundo a carta), foi ter conseguido engravidar do seu único filho, apesar das quimioterapias e de achar que estava na menopausa. Desde então, cada nova conquista é valorizada e muito comemorada. “...Tudo foi para que eu crescesse, me tornasse uma pessoa melhor, com mais empatia, mais humildade, com mais amor. Hoje sei que tudo o que aconteceu foi para que eu sempre possa ter a próxima vitória”, escreveu.

Para Ricardo Bezerra, gerente comercial da Azul Viagens, ajudar a organizar um evento como esse, além de gratificante e emocionante, está entre os principais valores da companhia. “A Azul acredita que ajudar a sociedade das mais diversas formas a se conscientizar sobre a prevenção e o tratamento do câncer de mama deve estar em sua lista de prioridades. Tanto é assim que as ações de nossa campanha do Outubro Rosa, e o concurso de cartas é uma delas, mobilizam todas as áreas da Azul e também os Tripulantes e Clientes”, explica.

De acordo com a coordenadora do Instituto Sociocultural do HA, Aline Dias, o concurso cultural é uma ação muito potente e significativa, na qual as pacientes da instituição ficam na expectativa de poder participar, contar seus relatos e ganhar o grande prêmio. "É muito saudável, para elas, falar de seus desafios, compartilhar e poder incentivar outras mulheres a não perderem a esperança. A Azul Linhas Aéreas e a Azul Viagens proporcionam esse presente, que beneficia a saúde emocional delas, que vivem experiências que ficarão para a vida toda. Esta é uma parceria de sucesso, que se fortalece a cada ano, na união de propósitos", finaliza.


Fonte: Azul

0 comentário

Kommentarer


bottom of page