top of page
  • Foto do escritorAero Latina

Aeroporto Carlos Prates deve ser desativado em abril


Vista aérea do Aeroporto Carlos Prates em Belo Horizonte – Imagem: Infraero
"A suspensão já estava prevista pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). De acordo com o Ministério dos Portos e Aeroportos, a decisão ocorreu após analisar as condições operacionais do aeródromo."

O governo federal confirmou nesta segunda-feira (13) que suspenderá as operações de pousos e decolagens no aeroporto Carlos Prates, em Belo Horizonte, a partir de 1º de abril.


A suspensão já estava prevista pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). De acordo com o Ministério dos Portos e Aeroportos, a decisão ocorreu após analisar as condições operacionais do aeródromo.


No último sábado (11), um avião de pequeno porte caiu após tentar pousar na Carlos Prates vindo a atingir duas residências no bairro Jardim Montanhês, na região noroeste de BH. O piloto da aeronave morreu e sua filha que estava de passageira ficou gravemente ferida.


A área do aeroporto, segundo o ministério, será transferida para a prefeitura da capital mineira, que apresentou um projeto para a construção de um conjunto habitacional popular e de um parque municipal no local. Além do parque municipal, está prevista a criação de um polo industrial não poluente.


Veja o comunicado do ministério na íntegra: "Após avaliar a situação do Aeroporto Carlos Prates, localizado em Belo Horizonte (MG), o novo Governo Federal, por meio do Ministério de Portos e Aeroportos, confirma a suspensão de pousos e decolagens no aeródromo público, a partir do próximo dia 1 de abril. A proibição está prevista na Portaria nº 10.074/SIA, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


A área do Aeroporto será repassada à prefeitura da capital mineira, que apresentou um projeto de construção de habitações casas populares e de um parque municipal no local". Um triste fim para mais um aeroporto, que devido o aumento populacional no entorno do sitio aeroportuário (que chegou após o aeroporto), será obrigado a encerrar suas atividades e os empresários e pilotos proprietários de aeronaves e hangares no local, estão sendo despejados e tendo que procurar outro local para guardar suas aeronaves, em um curto espaço de tempo.

0 comentário

Comments


bottom of page